Você costuma pensar em termos de "deveria"?

Quando as coisas não saem conforme sua expectativa, você se sente angustiado pensando "isso deveria ter sido diferente"?



Se você respondeu que SIM, é possível que cometa o Erro de Pensamento de "Ditar as Leis", que é quando você tem uma ideia fixa e particular sobre como as coisas “deveriam” ser, e fica chateado ou com raiva quando as suas expectativas não são atingidas.


Você pensa: "Minha equipe deveria ter elogiado minha apresentação"; ou "Eu sempre faço isso por ele, então ele deveria fazer por mim também"; ou até "Eu não deveria escolher isso, por mais que eu queira, se não ela vai se decepcionar comigo" e acaba abrindo mão de algo importante para não decepcionar outros. ☹️


Quando somos inflexíveis sobre nós mesmos, sobre os outros ou sobre o mundo e o que acontece nele, isso nos torna rígidos e extremistas em nossos pensamentos. Não aceitar o erro (ou o desapontamento) dos outros nos deixa vulneráveis, por nunca vivenciarmos a realidade do jeito que esperamos. Essas altas exigências acaba nos gerando muitos problemas emocionais, por nunca conseguirmos de fato nos adaptar à nossa realidade.


É importante ficar atento: pensamentos e crenças que contêm palavras como “devo”, “deveria”, “preciso”, “é necessário”, “tenho” são indicativos de que nossa mente pode estar cometendo esse Erro de Pensamento.


🧠 Mas já aprendemos que é possível treinar sua mente para ampliar suas perspectivas e ter respostas mais flexíveis aos pensamentos errados.


🏆 Então, aqui vão algumas dicas para quando você tiver esse tipo de pensamento:

Pense de forma flexível. Pergunte a si mesmo: “Quem disse que DEVERIA ser assim?” ou "Como eu posso ser mais flexível nessa situação para me adaptar melhor à minha realidade?".

Preste atenção nas suas palavras. Substitua palavras como “devo”, “preciso”e “deveria”

por “prefiro”, “desejo” e “quero”.

Avalie sua necessidade de aprovação. É possível viver de forma satisfatória mesmo que não consiga a aprovação de todas as pessoas. Tenha uma expectativa realista sobre a aprovação das pessoas, ao invés de ver isso como uma necessidade sufocante.

Lembre-se das individualidades. Pode ser que as pessoas com quem você se relaciona valorizem comportamentos diferentes dos seus. E tudo bem! Respeitar as individualidades vai te ajudar a pensar de forma mais saudável, ao manter as expectativas flexíveis sobre você, sobre os outros e sobre o mundo em geral.


O SEGREDO ESTÁ EM TREINAR SER FLEXÍVEL E FICAR ATENTO ÀS SUAS EXPECTATIVAS!


Quer saber mais? Me acompanhe aqui e nas redes sociais:

Instagram: @laisbrazilpsi

Facebook: @laisbrazilpsi


Referências: Terapia Cognitiva Comportamental para Leigos - de Rob Wilson e Rhena Branch

The Cognitive Behavioral Therapy Workbook for Personality Disorders - de J. C. Wood


#psicologia#tcc#terapiacognitivocomportamental#psicoterapia#terapia#amor#saudemental#autoestima#psicologiaclinica#autoconhecimento#psicologa#psicologiapositiva#ansiedade#saude#vida#psychology#psicanalise#love#depressao#depress#psiquiatria#amorproprio#psicologiaporamor#familia#psi#psicopedagogia#mente#inteligenciaemocional#bemestar

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo